9 de abr de 2010

Momento de dizer adeus


"Nenhuma folha si quer cai da arvorpe se não for por permissão de Deus"

Coração inquieto
Que procura em um olhar,
A razão de ser feliz.
Pensamentos que não sossegam
Sentimentos travessos
Que alimentam o coração.
Pode chover
Uma tempestade surgir,
Mesmo aqui dentro
O coração lembra-rá de você
E minha alma vai ao encontro com sua presença...
Fazendo da distância um simples detalhe;
Detalhe insignificante
Para um coração que ama.
As estrelas podem não brilhar
A lua pode se esconder
Mas minha alma vai te buscar
Pra esse amor enfim viver.
Desde do amanhecer
Já penso em você.
No entardecer,
Escrevo lembrando que vivemos juntos, nós dois juntos...
No anoitecer adormeço
E durante meu sono,
Eu sonho com você
E vejo que você foi para um lugar melhor,
E de que a distância
Não vai atrapalhar.
Pois as suas sementes ficaram para
Sempre a nos orgulharmos.
Vai com Deus minha querida irmã!

Deus quis que acontecesse e que lá no céu permancesse aquela que me viu crescer,
Amigos eu estou conformado e lá no céu com pai amado, esta minha irmã querida.

Esta é minha Homenagem a minha Irmã Marli Aparecida Geraldo que hoje foi morar com Deus.
Postar um comentário