11 de mai de 2010

FW: O lado social da Expoingá

Durante a Expoingá, a SRM promove, também, ações que colaboram com projetos sociais da cidade. Essas ações são fruto de parcerias entre a SRM e Prefeitura Municipal de Maringá, Rede Feminina de Combate ao Câncer, asilos, Grupo de Terceira Idade do NIS II Vila Esperança e o Projeto Plantando Vidas entre outros.

 

No dia 10 de maio, data do aniversário da cidade, a parceria entre SRM e a Prefeitura garante que o ingresso para o Parque é um quilo de alimento não perecível, repassado ao Provopar ( Programa de Voluntariado Paranaense). Em 2009,  foram arrecadados 31 toneladas de alimentos e distribuídos para 65 entidades cadastradas. A meta para este ano é superar esses números.

Além disso, a SRM mantém parceria com outras entidades como a Rede Feminina de Combate ao Câncer. Neste ano, a entidade será beneficiada com a renda de um um touro Nelore leiloado.

 

No dia 11 de maio, a Sociedade Rural Jovem promove o café da manhã para idosos amparados por cinco entidades assistenciais. Estarão presentes cerca de 120 pessoas do Asilo São Vicente, Lar dos Velinhos, Wajunkai e outros dois abrigos municipais. Durante a Feira ocorre ainda um café da tarde para o Grupo de Terceira Idade do NIS II Vila Esperança, na Casa do Leite.

Além disso,  a SRM, em parceria com o Recanto Fraternidade "Plantando Vidas", promove o "Projeto Florescer". Todos os expositores do Parque irão receber um vaso ornamental do projeto. A locação dos vasos ajudam na capacitação de recursos para o centro de reabilitação de dependentes químicos e de álcool.

 

Expoingá é parceira do Projeto Florescer

 

A Sociedade Rural de Maringá e o Recanto da Fraternidade "Plantando Vidas" firmaram uma parceria para promover o "Projeto Florescer" durante a 38ª Expoingá. O projeto surgiu em janeiro de 2010 e consiste na locação de vasos ornamentais no valor de R$ 35 mensais, que ajudam na capacitação de recursos para o centro de reabilitação.

 

Alcides Martinhago, coordenador do projeto, explica que o "Florescer"  surgiu a partir da necessidade de uma fonte de renda para manter o recanto da fraternidade. Atualmente apenas 35 vasos estão locados. A meta da entidade é locar 300 vasos mensalmente e, assim, conseguir a renda de R$ 10.500 para atender todas as necessidades do projeto.

 

A parceria entre a SRM e "Projeto Plantando Vidas" estabeleceu que durante a Expoingá, cada estande da Feira irá receber pelo menos um vaso ornamental. A intenção é divulgar a iniciativa e conquistar novos colaboradores. Todos os vasos estarão identificados com a logo do projeto. Os adesivos de identificação são frutos do apoio da Outbraz. Além disso, os expositores receberão uma ficha de adesão, por meio da qual poderão também se tornar colaboradores do "Projeto Florescer".

 

Segundo Martinhago, o centro de reabilitação atende jovens dependentes de álcool e/ou drogas dispostos a permanecerem em um regime de internato por, pelo menos, um ano. O coordenador explica que o projeto se baseia no tripé: oração, trabalho e disciplina. Para isso, conta com a colaboração da Igreja Santa Maria Goretti, além de profissionais que ensinam trabalhos de cozinha, limpeza e horta para tornar o tempo na reabilitação útil.



--
Assessoria SRM - twitter.com/expoinga2010
b


POR ANO SÃO ENCONTRADOS 609.000 SITES QUE ROUBAM DADOS. VEJA COMO SE PROTEGER AQUI.
Postar um comentário