29 de jun de 2010

Com dever cumprido, Valdívia diz que quer voltar ao Palmeiras

Meia participou da eliminação chilena para o Brasil, que considerou "o melhor", e revelou que já foi procurado pelo ex-clube

"Meu desejo todo mundo sabe: é voltar". Assim Valdívia respondeu sobre a pespectiva de retorno ao Palmeiras após a Copa do Mundo, que acabou para o Chile nesta segunda-feira, após derrota para o Brasil nas oitavas de finais.

Na zona mista do estádio Ellis Park, o meia chileno elogiou o ex-clube. "O Palmeiras está montando um time forte. Contratou um técnico de qualidade e o meu desejo é voltar". Embora ainda não conheça Luiz Felipe Scolari, justamente esse "técnico de qualidade" ao qual se referiu, o jogador disse manter frequente contato com pessoas do Palmeiras.

“Sim, sim, já fui procurado pelo clube, mas eu não posso falar”, finalizou Valdívia, saindo da sala de entrevistas do Ellis Park. Atualmente no Al-Ain, dos Emirados Árabes, o meia defendeu o Palmeiras em 2007 e 2008, tendo conquistado o Campeonato Paulista neste último ano.

"Perdemos para os melhores"
Sobre a derrota e a consequente eliminação do Chile na Copa, o jogador ressaltou o empenho de seus colegas e o sentimento de que fizeram o que estava ao alcance dentro de campo. "Mais que falar sobre as dificuldades que temos, acho que o time fez tudo o que podia, foi à morte para tentar vencer. Perdemos para os melhores. Isso é o que pensamos".

Portanto, o Chile deixa o Mundial sul-africano com a cabeça erguida, no entender do meia. "Claro que temos desilusão. Mas também tenho alegria enorme por ter feito parte desse grupo. Os rostos dizem mais que as palavras. No vestiário, Bielsa (técnico chileno) olhou para cada um e disse que tínhamos nos entregado ao máximo", complementou.

*com Bruno Pessa, iG São Paulo

Postar um comentário