23 de jun de 2010

Kaká defende sua fé em entrevista coletiva

Sem preconceitos denominacionais, eu gostei muito do que o Kaká respondeu hoje, numa entrevista coletiva, ao jornalista André Kfouri, da rede de TV ESPN.

Ele falava sobre a sua saúde e a recuperação da lesão antes da Copa. E aproveitando o gancho, já que o André Kfouri (filho do Juca Kfouri) estava ali, ele mandou um recado para Juca, o pai do repórter.

Isso porque Juca Kfouri publicou um artigo sobre Kaká falando do possível encurtamento da carreira do atleta por causa das constantes lesões.

Kaká disse: "Eu queria aproveitar para responder o seu pai, que publicou no blog dele que a minha lesão poderia abreviar minha carreira. Mas, o problema do seu pai comigo não é profissional; mas sim dado ao fato de eu professar minha fé em Jesus Cristo e ele ser ateu. Assim, como eu respeito o Juca como um sério jornalista e na sua condição de ateu, eu gostaria que ele me respeitasse em minha fé em Jesus e a todos que confessam a sua fé nEle.”

Precisa dizer mais alguma coisa?!
Postar um comentário