9 de dez de 2010

OLIMPÍADAS ESCOLARES


Paraná supera Pernambuco e acumula duas vitórias no vôlei masculino

O Estado do Paraná continua imbatível no vôlei masculino das Olimpíadas Escolares de Goiânia (15 a 17 anos). Na manhã desta quinta-feira, a equipe da Amavolei/Regina Mundi/Maringá assegurou o segundo resultado positivo em sequência.

O time superou o Colégio Noronha Filho, do Pernambuco, por dois sets a zero, no ginásio de esportes da PUC-Goiás. Agora, o Paraná realiza a sua última apresentação na manhã desta sexta-feira, contra a equipe das Escolas Nilton Lins, do Amazonas, às 8h30, no mesmo local. O jogo terá transmissão da Rádio Maringá (www.radiomaringa.com.br).

No jogo desta quinta-feira, o Paraná não começou bem e, sempre atrás no placar, acabou perdendo de 25 a 22, em 27 minutos.

No segundo set, na base da superação - já que na fase classificatória o jogo se finaliza em dois sets - a Amavolei/Regina Mundi se manteve à frente desde o primeiro ponto. Assim, o empate em sets na partida ocorreu com parcial de 25 a 19, em 25 minutos.

A definição do vencedor aconteceu no tie-break, que durou 18 minutos. O Paraná começou mal e Pernambuco abriu dois a zero no placar. Depois disso, a Amavolei/Regina Mundi se encontrou em quadra novamente, igualou o placar e, de imediato, abriu quatro pontos. No fim a vitória apresentou parcial de 15 a 9.

Para o atleta Emerson, a equipe se precipitou no primeiro set e acabou deixando o jogo difícil. "O time deles é muito bom, mas nós erramos muito no primeiro set. Isso, acredito, facilitou para o Pernambuco no primeiro set", disse.

O jogador Gustavo acompanhando o raciocínio de Emerson acrescentou que "a partida contra o Pernambuco foi muito complicada. Nós não começamos bem e até facilitamos o primeiro set para o adversário. Aí o jogo ficou tenso para o nosso lado, mas conseguimos nos arrumar em quadra e conseguimos vencer. Com mais essa vitória estamos bem próximos de garantir a classificação".

Para o técnico Dema, a Amavolei/Regina Mundi teve que se entregar no segundo set para voltar ao jogo.

"O nosso primeiro set foi horrível. Algumas jogadas fáceis foram desperdiçadas e o Pernambuco, em certo momento, conseguiu abrir oito pontos. Tive que conversar com os atletas e apontar as falhas e alertar sobre a necessidade da vitória. Eles assimilaram e a partir do segundo set a equipe voltou extremamente focada. No tie-break, mais uma vez não iniciamos bem, mas a recuperação foi rápida, felizmente. Agora é enfrentar Amazonas em busca de mais uma vitória", analisou.

A equipe paranaense formou com Rafael, Rogério, Luciano, Emerson, Luis Gustavo, Gustavo, Caio, Lucas e André. Técnico: Dema.

O Pernambuco atuou com Kleberson, Valclézio, Eduardo, Gean, Marcelo, Damocles, Leonardo, Democles e Thiago. Técnico: José Edson.

Basquete feminino do Paraná perde

A equipe feminina de basquetebol do Paraná – Colégio Posialfa, de Medianeira – sofreu derrota em sua segunda apresentação nas Olimpíadas Escolares. O compromisso foi contra o Top Cursos, de Santa Catarina, no ginásio de esportes do SESC Faiçalville. As catarinenses venceram por 80 a 51.

Nesta sexta-feira, o Paraná vai tentar se reabilitar no jogo contra o Colégio Geo Sul, da Paraíba, às 8h30, no mesmo local.

O técnico Elias Rudek utiliza as seguintes meninas nas Olimpíadas Escolares: Raquel, Luana, Bethânia, Bruna, Gabriela e Gabriela Begnine.

Governo do Paraná
Secretaria de Estado da Educação
Paraná Esporte
Coordenação de Comunicação

Orlando Gonzalez

Postar um comentário