25 de abr de 2011

Qualidade de vida também no campo


FAZENDINHA EXPOINGÁ



A Fazendinha da Emater, ponto tradicional e obrigatório para quem visitar a 39ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá – Expoingá, que acontece de 5 a 15 de maio, este ano traz o tema "Qualidade de Vida". Cada uma de suas 13 unidades que compõem a Fazendinha irão tratar o tema relacionado à atividade. O destaque deste ano vai para uma casa montada com todos os recursos tecnológicos à disposição do agricultor.


A proposta da Fazendinha ao longo dos anos sempre foi manter os visitantes em contato com o ambiente rural, mostrando de forma didática um pouco do dia-a-dia do homem do campo e também as formas de manejo nas lavouras e criação de animais. A escolha pelo tema "Qualidade de vida" tem o intuito de mostrar como uma propriedade rural também pode oferecer todos os recursos para viver bem, sem desrespeitar o meio ambiente.


Segundo o engenheiro agrônomo do escritório Regional da Emater em Maringá, Edson Diogo, coordenador geral da Fazendinha, os cinco mil metros quadrados da maquete pretendem mostrar que também é viável para uma propriedade rural oferecer recursos para aumentar a qualidade de vida do homem do campo.

"Em cada uma das unidades iremos trazer as tecnologias que ofereçam qualidade de vida para o homem do campo, desde a organização da propriedade, tratamento das embalagens de agrotóxicos até o aproveitamento da energia solar e construção da fossa biodigestora", diz Edson.


CASA DO AGRICULTOR

Outro atrativo da Fazendinha que promete chamar atenção é a "casa do agricultor", montada de forma que os visitantes possam vislumbrar que mesmo no campo, uma casa pode trazer todos os requisitos tecnológicos, como ar-condicionado, TV via satélite, internet, aquecimento solar e também separar o lixo de forma correta


"Tem-se a impressão de que por morar no campo, o agricultor não precisa ou não tem acesso às tecnologias usadas na cidade para qualidade de vida, a idéia é mostrar com a 'casa do agricultor' que tudo o que pode ser feito na cidade também pode chegar ao campo", compara o engenheiro agrônomo.


Para chegar até a casa, o visitante vai percorrer uma trilha no meio de uma mini floresta e irá conferir a forma correta de proteção de fonte que garanta sua existência e qualidade da água.


VISITA

Escolas, cooperativas e entidades de Maringá e região podem agendar visitas à Fazendinha, basta entrar em contato com a Unidade Municipal da Emater pelo telefone (44) 3262-4181, Unidade Regional através do (44) 3263-7400 ou pelos emails: elmaringa@emater.pr.gov.br , ermaringa@emater.pr.gov.br. Em 2010 a Fazendinha recebeu 443 excursões agendadas que totalizou 19.874 visitas.


Assessoria SRM

Postar um comentário