21 de jun de 2011

Douglas pede apoio de Beto na industrialização da Comcam


Já está nas mãos do governador Beto Richa e do secretário estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, o requerimento aprovado pelo deputado estadual  Douglas Fabrício (PPS) que pede que os municípios da região da Comcam sejam incluídos nas próximas negociações entre o governo e empresas que queiram investir no Paraná.

No documento (segue em anexo), Douglas diz que hoje cerca de 60 grupos estão em negociações com o executivo, através do programa Paraná Competitivo. E que a maioria das empresas do parque industrial local está concentrada em Curitiba, Região Metropolitana e nos Campos Gerais. "E os novos investidores continuam priorizando estas mesmas regiões", explica o parlamentar.

O deputado lembrou que na Comcam estão instaladas algumas das maiores e mais representativas empresas paranaenses. Entre elas, a Cooperativa Agroindustrial Coamo, a Amitec, Cofama, KL do Brasil, Cristofoli, Usicampo, VRI, Tyson Foods, Cooperativa C.vale, AJ Rorato, Pinduca Alimentos, Amafil , entre outras.

Para Douglas, a descentralização dos investimentos evitaria que as pessoas que hoje residem nos pequenos e médios municípios sejam obrigadas a mudar-se para os grandes centros. E  também o crescimento desordenado das grandes cidades e suas conseqüências, como o aumento da violência, da necessidade de ampliação dos investimentos em saúde, casas populares e hospitais.  

A Comcam, segundo o deputado, perdeu cerca de quinze mil pessoas nos últimos anos. Os principais motivos foram a falta de expectativa de uma vida melhor, de educação de qualidade, além de melhor remuneração salarial. "Tenho certeza que o governador vai se sensibilizar com o pedido e que, a partir de agora, os municípios da Comcam serão colocados como opção para a iniciativa privada. Queremos atrair novos investimentos porque isso significa mais empregos e desenvolvimento para os moradores", explica.  

Postar um comentário