16 de set de 2011

Bloguista Debatem o aumento de Vereadores

Dando uma passeada no blog do Rafael Gotardo encontrei um debate entre bloguistas, Vejamos o que diz alguns bloguistas sobre o aumento de Vereadores em Sarandi, que ja divide opinião.
BLOG DO MOCHI - 6p6 disse...

Totalmente contra, pois não vejo vantagem na quantidade, já que AINDA não se tem nem qualidade.

Valmir Tentemplis Martins disse...

Sou a favor do aumentos do numero de cadeiras na câmara de vereadores.

1- Para proporcionar uma maior diversidade de segmentos no legislativo.

2 - Para evitar que os cartéis financeiros sejam majoritários .

3 - Com isso dar-se-a mais chances para os pequenos partidos e para auqeles candidatos com poucos recursos financeiros.

4 - Quantos custa hoje uma vaga na câmara ? Façamos os cálculos ! E quem for inteligente verá onde a coisa vai dar


Alessandro - QUATRO CANTOS DA CIDADE disse...

NA MINHA OPINIÃO VEREADORES NEM DEVERIAM EXISTIR! AINDA MAIS EM SARANDI, QUE NUNCA TEVE UM VEREADOR DE VERDADE, TODOS QUE ENTRAM SÓ PENSAM EM SI PRÓPRIO E SE ESQUECEM DA POPULAÇÃO. AÍ VAI UMA PERGUNTA: QUAL VEREADOR EM TODA HISTÓRIA DE SARANDI CRIOU ALGO INTERESSANTE PARA A POPULAÇÃO? QUEM É O VEREADOR DO ESPORTE? OU DA SEGURANÇA? E DA SAÚDE? SE VEREADOR FOSSE BOM TODOS SERIAM A FAVOR DO AUMENTO DE CADEIRAS NA CÂMARA.



Jornal Imprensa Maior disse...
sou a favor do aumento de vereadores sim, desde que seus honorários não aumentem e a verba destinada para tal seja a mesma, pois Sarandi cresce a cada dia e precisamos sim de fiscalizações no executivo e projetos para desenvolvilmento em Sarandi não podemos continuar na mesmisse de sempre.

sou a favor do aumento de vereadores sim, desde que seus honorários não aumentem e a verba destinada para tal seja a mesma, pois Sarandi cresce a cada dia e precisamos sim de fiscalizações no executivo e projetos para desenvolvilmento em Sarandi não podemos continuar na mesmisse de sempre.


João Cidadão: Sou favorável, desde que não aumente o repasse do Executivo para o Legislativo, sendo assim não onera em nada o município, nem o contribuinte e ainda aumenta a representatividade popular.

Postar um comentário