7 de jun de 2012

Estudantes do CEEBJA prometem parar.

Estudantes do EJA da Rede Estadual de Educação estão na bronca contra o Governo Tucano (PSDB), o motivo seria a mudança que o Secretario de educação e Vice-Governador Flávio Arns esta promovendo, mudanças essas que esta deixando os estudantes na bronca.
Para que você caro leitor possa compreender melhor, o professor tem que ter em sala 40 Alunos no Ensino Fundamental e 40 no Ensino Médio, sendo 20 no individual e 20 no Coletivo, e se em algum momento uma das salas deixarem de ter no minimo 20 alunos corta-se a matéria e o professor.
Ai perguntamos: Onde fica o direito do Professor que tem padrão fixo na escola? Onde fica o direito do Aluno que esta em sala de aula, que a qualquer momento pode perder seu professor?
Na luta pela educação o Grêmio estudantil CEEBJA Sarandi, vem lutando por uma melhor qualidade na educação, pois capacidade todos os estudantes tem, o que precisam é de qualidade, qualidade esta que até a gora o Senhor governador não deu.
Entre outros problemas nas mudanças impostas pela SEED, os estudantes de Sarandi a partir do segundo Semestre perderão uma hora aula por dia, hoje são 5, e passaram a ter 4 horas aula/dia. O movimento estudantil dos CEEBJA de Sarandi esta se organizando para confrontar com o núcleo de educação de Maringá, se não obtiver sucesso na  região, eles prometem ir a Capital, lutar pelos seus direitos na Secretária de educação.
"Se necessário acamparemos no Palácio da Araucárias,  mas não podemos deixar o Governo do PSDB, mais uma vez, passar por cima de nossos direitos assim como vez o Lenner, a constituição nos garante uma escola publica de qualidade, e isso vamos exigir, ou que se rasgue a Constituição Brasileira, os Governantes tem que respeitar a educação de Jovens e Adultos, na nossa escola temos trabalhadores, que por algum motivo tiveram que deixar seus estudos nas Escolas Regulares, e hoje são verdadeiros heróis, quando deixam suas famílias para voltar a sala de aula, em busca de seus sonhos, Capacidade nos temos, precisamos de qualidade na Educação, e por isso vamos lutar até o final" Frisou o Presidente do Grêmio CEEBJA de Sarandi
Postar um comentário