19 de dez de 2012

Requião trai o Paraná, diz Beto Richa



"É inaceitável essa atitude do senador e governador aposentado Roberto Requião contra o Paraná. Na mesma noite em que traiu o Paraná, ele votou a favor de empréstimos para o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Ceará e Bahia. Só isso já mostra que ele é, sim, contra o Paraná", disse o governador Beto Richa (PSDB) sobre a obstrução de Requião a votação no Senado do empréstimo US$ 350 milhões do Banco Mundial ao Paraná.

O empréstimo tem aval de vários órgãos de fiscalização do governo federal, da Secretaria do Tesouro Nacional e do Ministério da Fazenda. Os recursos serão utilizados em projetos nas áreas de educação (Renova Escola), saúde (Mãe Paranaense e Rede de Urgência e Emergência), desenvolvimento rural sustentável, gestão ambiental e de riscos de desastres. A expectativa é que o projeto volte à pauta do plenário do Senado – caso contrário, a aprovação do empréstimo ficará para 2013.

O interessante é que próprio Requião, em 2010, iniciou o processo de pedido de empréstimo junto ao Banco Mundial. Em carta ao banco, Requião afirmava que desde 2006 buscava entendimento para obter apoio financeiro internacional para alavancar o programa Proterritório.


Postar um comentário