3 de abr de 2013

Audiência pública sobre banda larga resulta em grupo de estudos para formular TAC






A audiência pública realizada na manhã dessa quarta-feira (03) no Plenarinho da Assembleia Legislativa para debater a qualidade dos serviços de internet banda larga no Paraná terminou com o compromisso das empresas em participar de um grupo de trabalho que irá elaborar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), cujo objetivo é estabelecer metas e compromissos de melhorar o atendimento ao consumidor.
"Ficou evidente que existe um desrespeito ao consumidor e que, na maioria dos casos, as operadoras não conseguem entregar a velocidade contratada. O que nós queremos agora é buscar um entendimento e resolver esse problema. Penso que as empresas sérias e transparentes aceitarão participar desse esforço", enfatizou o deputado Paranhos (PSC), presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, organizadora do evento.
A audiência contou com a participação de diretores das principais empresas que operam no estado, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e de órgãos de defesa do consumidor. Representando as empresas, estiveram presentes Celso Francisco Zemann, gerente do Escritório Regional da Anatel no Paraná; Adir Hannouche, diretor adjunto de telecomunicações da Copel; Afonso Chaves Jr, diretor de relações institucionais da GVT; Sandro Mello, diretor de operações da NET em Curitiba; Daniel Silveira da Encarnação, consultor de relações institucionais da VIVO – Regional Sul; João Arcoléze, gerente administrativo-financeiro da SERCOMTEL e Leonardo Serran, representante do Sinditelebrasil.
Representando os consumidores, compareceram à audiência a chefe da Divisão Jurídica do Procon, Cila Santos;  Andressa Jarletti, presidente do Conselho de Usuários dos Serviços de Telefonia do Paraná e David Camilo, representando do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec).
Também presente na audiência, o deputado Elton Welter (PT) anunciou que recebeu mensagem de texto do ministro das Telecomunicações, Paulo Bernardo, informando que está disponível para discutir especificamente os problemas diagnosticados no Paraná.
A primeira reunião do grupo de trabalho deve acontecer dentro dos próximos 30 dias em uma das reuniões da Comissão de Defesa do Consumidor, na Assembleia Legislativa do Paraná.

ASSESSORIA DE IMPRENSAIvan Zuchi (MTB-PR 6346)www.deputadoparanhos.com.br



Postar um comentário