4 de abr de 2013

Câmara de Maringá faz sessão itinerante no Conjunto Requião




A sessão desta quinta-feira (4) será realizada na Escola Municipal Olga Aiub Ferreira, que fica na Rua Pioneiro Geraldo Portela, 141, no Conjunto Habitacional Requião. Essa será a segunda sessão itinerante e a primeira a ser realizada em um bairro. Antes da sessão, que terá início às 19h30, haverá uma apresentação de balé do Centro de Educação, Cultura e Arte.

Em segunda discussão será votado projeto de autoria de todos os vereadores estabelecendo que o Passe Livre irá beneficiar os estudantes que residam a uma distância mínima de 1.000 metros da instituição de ensino. Nos casos em que o estudante tiver que atravessar contornos ou vias públicas de tráfego intenso o passe gratuito será concedido sem que a distância seja levada em consideração.

Projeto de autoria de todos os vereadores que estende o benefício do Passe Livre do Estudante aos alunos matriculados em cursos preparatórios para o vestibular que tenham concluído o ensino médio em instituições públicas será votado em segunda discussão.

Em segunda discussão, projeto do vereador Luciano Brito (PSB) que proíbe atividades de transporte de valores no interior dos centros comerciais, shopping centeres ou similares durante o horário de atendimento ao público. Também proíbe a atividade de transporte de valores nas áreas próximas a escolas nos horários de entrada e saída dos estudantes.

Projeto do vereador Ulisses Maia (PP) que concede o título de Cidadão Honorário de Maringá ao senhor Hisashi Tamagawa será votado em segunda discussão.

Também de autoria do vereador Ulisses Maia (PP) será votado em segunda discussão projeto que denomina Professor José Galetti a escola municipal em construção no Loteamento Madrid.

Projeto do vereador Ulisses Maia (PP), que será votado em segunda discussão, outorga o título de Cidadão Honorário de Maringá ao senhor Shoichi Tarumoto.

Em segunda discussão será votado projeto do Executivo que amplia o número de vagas dos cargos efetivos de arquiteto (de 18 para 28), assistente administrativo (de 129 para 149), auxiliar de creche (de 650 para 690), auxiliar de serviços gerais (1998 para 2098), educador infantil (de 620 para 640), eletricista de manutenção (de 26 para 29), engenheiro civil (de 35 para 45) e técnico de enfermagem (de 100 para 120). Emenda do Executivo amplia o número de técnicos de enfermagem de 100 para 180.

Em discussão única serão votados cinco requerimentos. O vereador Humberto Henrique (PT) quer saber do Executivo os motivos pelos quais o Município não fez a ligação da Avenida Itororó com a Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha.

O vereador Chico Caiana (PTB) solicita que o prefeito informe se há previsão para a doação de terra a munícipes de baixa renda para a construção de moradia conforme autoriza lei de 2003.

Também de autoria do vereador Chico Caiana (PTB) requerimento pede que o Executivo informe quais são os terrenos de propriedade do Município existentes no Conjunto Habitacional Requião e no Conjunto Residencial Guaiapó que estão disponíveis para a construção de próprios públicos.

Ainda do vereador Chico Caiana (PTB) requerimento solicita que o prefeito informe se há previsão para a abertura da Avenida Franklin Delano Roosevelt, entre as ruas Pioneiro Joaquim Pedro de Oliveira e Severino Abelardo, no Conjunto Habitacional Requião.

A vereadora Carmen Inocente (PP) pede que o Município informe se a lei que dispõe sobre a implantação de GPS nas ambulâncias da rede municipal de saúde está sendo cumprida.

Assessoria de Imprensa CMM - 03/04/2013

-->-->
Postar um comentário