25 de jul de 2014

A briga pelo senado: Álvaro tem 50,5%, Marcelo 6,8% e Gomyde 5,9%


Senador Álvaro Dias seria reeleito se dependesse exclusivamente do eleitorado curitibano; segundo o Instituto de Pesquisa Visão, o tucano teria 50,5% contra 6,8% do peemedebista Marcelo Almeida e 5,9% do comunista Ricardo Gomyde; de acordo com a sondagem, 29,2% dos curitibanos não sabem em quem votar para o Senado.
Senador Álvaro Dias seria reeleito se dependesse exclusivamente do eleitorado curitibano; segundo o Instituto de Pesquisa Visão, o tucano teria 50,5% contra 6,8% do peemedebista Marcelo Almeida e 5,9% do comunista Ricardo Gomyde; de acordo com a sondagem, 29,2% dos curitibanos não sabem em quem votar para o Senado.
O senador Álvaro Dias (PSDB) seria reeleito para mais oito anos de mandato com 50,5% dos votos. Marcelo Almeida (PMDB) ficaria em segundo lugar com 6,8% e Ricardo Gomyde (PCdoB) chegaria na terceira posição com 5,9%. É o que vai mostrar neste fim de semana o jornal Impacto Paraná, que divulgará pesquisa do Instituto Visão realizada em Curitiba.
Professor Piva (PSOL) viria em quarto lugar com 3,8%; Adilson Senador da Família (PRTB) em quinto com 2,2%; Luís Barbara (PTC) teria 0,7%; Castagna (PSTU) atingiria 0,5%; e Mauri Viana (PRP) ficaria com 0,4%. De acordo com a sondagem, 29,2% dos curitibanos não sabem em quem votar.
O instituto entrevistou de segunda-feira (21) até hoje (24) 1.067 eleitores curitibanos ao custo de R$ 20 mil. A margem de erro que é de 3% para mais ou para menos, segundo a Visão.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná sob os números BR-0240/2014 e PR-0004/2014.
Postar um comentário