23 de fev de 2015

Arcebispo afasta padres que serão pais

Padres
A Arquidiocese de Maringá comunicou na manhã de hoje que o padre Zenildo Megiatto, 65, e o padre Rildo da Luz Ferreira, 35, estão suspensos do ministério sacerdotal. Os decretos de suspensão foram assinados pelo arcebispo dom Anuar Battisti assim que foi confirmada a notícia que Zenildo Megiatto e também Rildo da Luz Ferreira seriam pais. 


Zenildo Megiatto era pároco da paróquia Bom Pastor em Mandaguari e Rildo da Luz Ferreira era pároco da paróquia Bom Jesus em Aquidaban, distrito de Marialva. “Lamentamos profundamente o ocorrido e, dentro de uma postura de transparência fortalecida com a as ações de abertura do papa Francisco, o que tenho a dizer é que qualquer eventual erro do nosso clero deverá sempre ser tratado de acordo com as normas do direito canônico, que neste caso prevê a suspensão imediata do ministério sacerdotal”, comentou dom Anuar Battisti. 


O padre Zenildo há pelo menos dois anos matinha relação amorosa com Lucimar Mendes, 35, uma ex-ministra de eucaristia do Jardim Cristina, em Mandaguari (leia mais). Rildo da Luz Ferreira cursou doutorado na França e foi pároco no Jardim São Silvestre, em Maringá, antes de ser transferido.

Fonte: Maringá News
Postar um comentário