19 de jun de 2015

Sarandi é o 2º melhor municipio do Paraná em Gestão fiscal

80% das prefeituras do país têm problemas de caixa

Índice Firjan de Gestão Fiscal mostra que no Paraná apenas 25,6% dos municípios estão com boa situação financeira


A crise econômica nacional atingiu com força os cofres das prefeituras. Segundo a terceira edição do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado nesta quinta-feira (18) com dados referentes a 2013, oito em cada dez municípios brasileiros estão em situação fiscal difícil ou crítica.
No Paraná, o índice mostra um aumento, de 2012 para 2013, do número de municípios avaliados com os conceitos C (razoável) e D (ruim), de 69,8% para 74,5%; e a diminuição das prefeituras com conceito A (excelente) e B (bom), de 30,2 para 25,6%.
“Os dados mostram a deterioração da situação fiscal dos municípios devido à situação econômica do país, especialmente a partir de 2011, com o crescimento menor da economia e as desonerações fiscais prejudicando a arrecadação”, explica o economista Gilmar Mendes Lourenço, professor da FAE Business School, de Curitiba. Veja mais aqui

Já a cidade de Sarandi ficou em Segundo lugar no Estado do Paraná com a segunda maior variação favorável em 19,17% perdendo apenas para Maringá, e 48º Lugar no Brasil. 

Os dados acima agradaram o Prefeito Carlos De Paula que comemorou que mesmo em meio a crise financeira que vem vivendo os município Sarandi conseguiu se destacar, deixando para traz cidade como Londrina, Ponta Grossa, Cascavel e Curitiba. 

Postar um comentário