Contagem Regressiva

4 de nov de 2016

Morre Padre Osvaldo Ex-Prefeito de Borrazopolis

Vítima de embolia pulmonar, morreu na terça-feira (1), às 16 horas, no Hospital Regional João de Freitas, em Arapongas, o ex-prefeito de Borrazópolis, padre Osvaldo Campos de Almeida, 66 anos. Ele estava internado desde o dia 19 de outubro, quando passou por uma cirurgia do coração e vinha passando por um processo de recuperação. Padre Osvaldo estava bem e deveria receber alta nesta quarta-feira. Ontem de madrugada, no entanto, ele voltou a sofrer complicações e foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 
O quadro se agravou e ele teve uma embolia pulmonar. Sua morte foi acompanhada pelo bispo Dom Celso Antônio Marchiori, pelo pároco de Borrazópolis, Padre Laércio Lara, e pelo prefeito de Borrazópolis, Adilson Lucchetti (PSB), o Didi, que é seu companheiro de luta política. Eles haviam sido comunicados pelo hospital sobre as complicações de saúde do religioso. De acordo com decidido pelo bispo, o corpo de Padre Osvaldo seria transladado ontem para a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes do Distrito de Jacutinga, em Ivaiporã, onde ele vinha atuando. Nesta localidade, ele será velado até as 11 horas de hoje e depois segue para a Paróquia Imaculada Conceição de Borrazópolis. Sepultamento será hoje, às 16 horas.
Padre Osvaldo, eleito pelo PT, foi prefeito de Borrazópolis por dois mandatos consecutivos. De 2005 a 2008 e de 2009 a 2012. 
O atual prefeito Didi foi seu vice na primeira gestão e secretário de Saúde na segunda.  Nos anos 80, quando atuava na paróquia de São João do Ivaí, Padre Osvaldo liderou o movimento em defesa dos agricultores que estavam endividados e perdendo suas terras para os bancos. “É uma perda muito grande para Borrazópolis. Estávamos juntos há vinte anos e ele era um segundo pai para mim”, disse Didi, que decretou luto oficial no município por três dias.
Padre Osvaldo era muito próximo de minha família, por diversas vezes estivemos em eventos familiares juntos, um Homem de bom coração, simples e sempre com seu jeito Humilde. Em 1995 Padre Osvaldo celebrou em Sarandi a Missa de corpo presente de minha mãe. Esperamos que ele possa ter encontrado descanso eterno.

Postar um comentário