13 de ago de 2018

Seria negligência médica na UPA Sarandi?

Semana passada o Senhor Ednilson Silva deu entrada na UPA de Sarandi com todos os sinais de ataque cardíaco, (dores torácicas em lateral esquerdo, com dormência em MSE, suando frio, com tremores musculares com início na madrugada do dia 10/08 pressão arterial 16/9 frequência Cardíaca 57, o mesmo procurou a UPA por volta das 10:48 classificado com amarelo (necessita de atendimento rapido) demora de até 1 hora, segundo a classificação de risco do SUS.
Foi atendido pelo médico Dr. Marcelo, foi medicado com dipirona Intra Muscular e foi liberado pelo médico.
Ao sair da Unidade de Pronto Atendimento o mesmo entrou em Parada Cardio Respiratória (PCR), foi rapidamente socorrido pelo SAMU de Sarandi com apoio da Unidade de Maringá, após quase 40 min foi encaminhado de volta a Unidade de atendimento, onde conseguiu ser reanimado pelos profissionais do SAMU e foi transferido ao Hospital Santa Rita de Maringá.

O médico poderia ter dispensado esse paciente?
O que levou o paciente a Parada Cardio Respiratória?
Seria negligência médica?

A produção do blog entrou em contato com o Assessor de Comunicação da Prefeitura, onde o mesmo até esse momento, nao respondeu os questionamentos.


Postar um comentário